necessidades – está lindo :)

Nunca entendi o porque das necessidades sexuais dos homens e das mulheres
serem tão diferentes.
Nunca entendi todas essas baboseiras que dizem, entre as quais que a mulher
vem de Vénus e os homens de Marte.
E também nunca entendi porque é que os homens pensam com a cabeça e as
mulheres com o coração.

No entanto, uma noite eu e a minha gaja fomos para a cama.
Claro… começamos a acariciarmo-nos, o agarranço do costume, apalpão nos
traseiros, etc…
O problema é que já tava eu bem na vertical, quando ela me diz: Oh amor!..
agora não tenho vontade. Por favor abraça-me somente. E a gaja diz-me isto
com uma cara de cínica do caraças!… E eu:
QUEEEEEE??????
E então virou-se para mim com aquelas palavras femininas mágicas que todas
têm na ponta da língua:
'Vocês são todos iguais!!! Não sabem entender as necessidades sentimentais
de uma mulher'.

ORA FOOOOOODAAAAA-SEEEEE!!!
No final de contas, não ia haver nada nessa noite.
Fodido, guardei os óleos afrodisíacos, apaguei as velas, tirei o CD do
Alejandro Sanz (nestes momento funciona quase sempre), tomei um duche de
água gelada para acalmar a besta, e deitei-me a ver o 'Discovery' bem alto,
para a velha da sogra não dormir.
Após alguns tempo, adormeci…..

No dia seguinte fomos às compras ao Corte Inglês;
entrámos numa loja, eu tava a ver relógios enquanto ela experimentava 3
modelos caríssimos da Cartier
Como mulher que é, não conseguia decidir-se por nenhum e então, farto de
estar ali, disse-lhe: Leva os 3 amor.
Então disse-me olhando para uns sapatos de 290€, que estava mesmo a precisar
de calçado. Eu respondi que me parecia bem.
Fomos de seguida à secção de roupa, de onde saímos com 2 modelos Channel,
uma encharpe de plumas Fátima Lopes e mais uma mala Luis Vuiton .
Ela estava tão emocionada.
Eu penso que ela achava que eu tinha enlouquecido, mas lá ia trazendo as
compras todas atrás dela.
Penso também que me estava a pôr à prova quando me pediu uma saia curtíssima
para jogar ténis… (nem correr sabe… quanto mais jogar ténis)
Entrou em choque quando lhe disse: compra tudo o que quiseres, meu amor.
Eu acho que ela estava quase sexualmente excitada depois de tudo isto.
E virou-se para mim: vem carinho, vem meu doce, meu sol, minha vida (e
outras lamechices mágicas de todas as mulheres): Vamos à caixa pagar.
Foi aí que, estando apenas uma pessoa à nossa frente para pagar, lhe disse:

Oh amor!.. agora não tenho vontade de comprar tudo isto…
Bem, a cara dela só visto. Ficou pálida então quando lhe disse. 'Abraça-me
somente!'
Ficou como quem ia desmaiar a qualquer momento. Ficou com a parte esquerda
do corpo e o tique da sobrancelha direita a vir ao de cima. Balbuciou:
QUEEEEE??????
Respondi-lhe, magoado:
''Vocês são todas iguais!! Não sabem entender as necessidades financeiras de
um homem''..

Obrigado Bruno

Advertisements

About me

I share as I learn
This entry was posted in parvoices and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s